domingo, 18 de março de 2012

Protocolo cirúrgico do Felinos Urbanos

Atualizado em 10/12/2016 

Muitas pessoas nos perguntam como é possível liberar os gatos ferais assim que acordam da anestesia, já que para seus gatos domésticos é recomendado muito repouso, medicamentos e outras condutas pós-cirurgicas.

Primeiramente, temos sempre lembrar que gatos ferais são diferentes do gatinho que dorme em nosso colo.

O gato feral é aquele que retornou ao seu estado selvagem. A captura e manejo para anestesia colocam estes animais em um grande estado de stress e é por isso que todo o protocolo cirurgico deve ser o mais rápido e eficiente possivel. 

Primeiramente, a cirurgia com técnica de gancho é ESSENCIAL para as fêmeas de C.E.D. 

Atraves dessa técnica, é possível uma incisão de tamanho mínimo, por onde passará o gancho que fará a tração do útero e ovários para fora da cavidade, onde serão devidamente retirados.

gancho cirugico 

A técnica do gancho também diminui drasticamente o risco de hérnias, processos inflamatórios e infecciosos, por causa do tamanho reduzido da incisão e diminuição drastica do tempo de exposição e manipulação das visceras.

A tecnica do gancho também é o que nos possibilita oferecer castrações pediatricas :)

#65, gatinha adulta, com castração em tecnica de gancho :)
Lillybell, operada com 3 meses de idade e 1kg :)

A musculatura da incisão DEVE ser suturada com fio de nylon, para que deixe um rastro ou “umbigo”. 

Se por acaso essa gata for semi-domiciliada e pega por alguém que queira adotá-la e castrá-la, durante o exame físico, se as pessoas não tiverem conhecimento sobre a marcação das orelhas, o veterinário poderá identificar a sutura e evitar que essa fêmea seja novamente posta sob risco cirúrgico de anestesia, seja aberta e as vísceras reviradas a procura de um útero que não existe mais. 

Na pele é utilizado o fio absorvível de POLIGLACTINA ( Vicryl ), com absorção entre 7-10 dias. 

1 pontinho de fio absorvivel :)
Para os machos, não há segredo. Os testículos são retirados, os cordões espermáticos amarrados e um spray medicamentoso é aplicado à bolsa escrotal vazia. Não é necessário qualquer tipo de sutura na bolsa tesitcular, evitando assim o aparecimento de edemas.

um de nossos ferais, lindão depois da castração :)
Com as cirurgias finalizadas, os gatinhos recebem antibiótico e antiinflamatorio inejtável.

Não utilizamos MAXICAM nos nossos animais, pois desde 2012, foram proibidos o uso em gatos nos EUA, pela co-relação com problemas renais nos felinos. O antinflamatorio de uso é o CETOPROFENO.

Após o procedimento cirurgico, os animais a partir de 4 meses de idade recebem uma dose de vacina anti-rábica importada e é feita a marcação internacional nas orelhas.

A marcação é feita com bisturi eletrico na voltagem mais baixa ou com lamina de bisturi aquecida.

A marcação nas orelhas é algo ESSENCIAL para o manejo destes animais, é indolor, não causa incômodo e evita que estes gatos sejam novamente capturados por engano, submetidos à stress cirurgico e risco anestesico sem necessidade.



Os gatos ferais PRECISAM ser devolvidos ao seus locais de origem assim que plenamente despertos da anestesia para minimizar o nível de stress.  

sem o stress da manipulação humana, eles se recuperam bem melhor :)

O mesmo protocolo utilizado para nossos gatos de colonia, utilizamos também para os gatos de familias carentes. 

Devolvemos os gatinhos para seus donos após estarem despertos. 

#46 se recuperando da anestesia, antes de ir para casa :)

Nosso diferencial cirurgico é o que garante o alto nivel de sucesso no projeto.

Nunca foi necessário capturar nenhum de nossos gatos de colônia para reparar alguma cirurgia ou tratar infeccoes e os donos da cota social sempre nos retornam com elogios quanto aos procedimentos :)

O projeto nasceu após cuidadosa avaliação dos gastos e analise de protocolos internacionais e de sucesso.

Além das castrações, também adquirimos nosso proprio material cirurgico e caixas de fio absorvivel. Valorizamos imensamente a mão de obra, habilidades e dedicação de nosso médico veterinário parceiro. 

Cada moedinha utilizada não é um gasto, mas um investimento no bem estar de nossos felinos :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.